A PREGAÇÃO EXPOSITIVA COMO UM INSTRUMENTO DE CRESCIMENTO SAUDÁVEL PARA AS IGREJAS