A Aliança de Salomão com Deus

A Aliança de Salomão com Deus

A Aliança de Salomão com Deus   TEXTO BASE – 2 CRÔNICAS 7.11-22    11. Assim Salomão acabou a casa...

A Aliança de Salomão com Deus

A Aliança de Salomão com Deus

 

TEXTO BASE – 2 CRÔNICAS 7.11-22 

 

11. Assim Salomão acabou a casa do Senhor e a casa do rei; tudo quanto Salomão intentara fazer na casa do Senhor e na sua própria casa, ele o realizou com êxito.
 
12. E o Senhor apareceu de noite a Salomão e lhe disse: Eu ouvi a tua oração e escolhi para mim este lugar para casa de sacrifício.
 
13. Se eu cerrar o céu de modo que não haja chuva, ou se ordenar aos gafanhotos que consumam a terra, ou se enviar a peste entre o meu povo;
 
14. e se o meu povo, que se chama pelo meu nome, se humilhar, e orar, e buscar a minha face, e se desviar dos seus maus caminhos, então eu ouvirei do céu, e perdoarei os seus pecados, e sararei a sua terra.
 
15. Agora estarão abertos os meus olhos e atentos os meus ouvidos à oração que se fizer neste lugar.
 
16. Pois agora escolhi e consagrei esta casa, para que nela esteja o meu nome para sempre; e nela estarão fixos os meus olhos e o meu coração perpetuamente.
 
17. E, quanto a ti, se andares diante de mim como andou Davi, teu pai, fazendo conforme tudo o que te ordenei, guardando os meus estatutos e as minhas ordenanças,
 
18. então confirmarei o trono do teu reino, conforme o pacto que fiz com Davi, teu pai, dizendo: Não te faltará varão que governe em Israel.
19. Mas se vos desviardes, e deixardes os meus estatutos e os meus mandamentos, que vos tenho proposto, e fordes, e servirdes a outros deuses, e os adorardes,
 
20. então vos arrancarei da minha terra que vos dei; e esta casa que consagrei ao meu nome, lançá-la-ei da minha presença, e farei com que ela seja por provérbio e motejo entre todos os povos.
 
21. E desta casa, que é tão exaltada, se espantará qualquer que por ela passar, e dirá: Por que fez o Senhor assim a esta terra e a esta casa.
 
22. E lhe responderão: Porquanto deixaram ao Senhor Deus de seus pais, que os tirou da terra do Egito, e se apegaram a outros deuses, e os adoraram e os serviram; por isso trouxe sobre eles todo este mal
 

                  INTRODUÇÃO

 

            O livro de Crônicas foi escrito em 520-400 Antes de Cristo, o autor deste livro é desconhecido, mas o propósito é orientar a restauração do reino depois do exílio, enfatizando a unidade de Israel, o rei, o templo, as bênçãos e as maldições imediatas, enviadas ao povo que deixou Deus de lado.

 

Algumas verdades fundamentais estão contidas nestes livros:

 

  1. O povo de Deus tem nos reinos unidos de Davi e Salomão o modelo sobre como buscar as bênçãos divinas.
  2. O destino de cada geração, era determinado pela sua felicidade ao Senhor.
  3. As gerações futuras do povo de Deus, devem aprender, por meio da história de Israel, as prioridades e os padrões de fidelidade esperados delas.

 

Salomão foi escolhido por Deus para reinar e construir o templo, em tudo o que fez foi prospero.

 

O capítulo 7, versículo 14, de 2 Crônicas, é um dos versículos mais conhecidos da Escritura Sagrada. Dito pelo próprio Deus a Salomão quando este acabou de construir o templo de Jerusalém.

 

A construção do templo foi o sonho de Davi, mas Deus, não permitiu que ele o construísse, mas seu filho Salomão, obteve tal privilégio e responsabilidade.

 

Observe que no livro, descreve o Deus, de amor e também de justiça. Ele tem o direito de abençoar e também de retirar a sua benção. Ele deixa bem claro, se o povo se desviasse do caminho do Senhor ele iria cerrar os céus, enviar os gafanhotos e as pestes.

 

O texto nos deixa claro que toda a nação sofreria, se desviasse do caminho do Senhor, se adorasse a outros deuses, se enveredando por caminhos pecaminosos, não sendo fiel ao Pai.

 

A adoração é dada somente a Deus, aprendemos que o homem foi criado para adorar a Deus, hoje e por toda a eternidade. O cristão precisa ter Temor ao Senhor, busca-lo, pois não existe maior sabedoria, se não vier do Pai.

 

Aliança de Oração v. 14-16

 

Israel estava vivendo um tempo de grande prosperidade, com o reinado de Davi e Salomão. O reinado de Salomão fora o mais próspero de toda história.

 

Observe que a marca da Aliança de Deus com Salomão é a oração, Ele respondia a oração de Salomão. O Senhor deixa claro, se o mal viesse sobre a terra, era um sinal de que o povo não estava O adorando, orando, buscando ao Senhor, eles estavam andando por caminhos maus, estavam longe de Deus.

 

Se o povo não adora a Deus, ele adora a outros deuses, esses deuses trazem, a soberba, a vontade centrada no coração do homem, que é corrupto, nos desejos da própria carne, na centralidade de si, nos ganhos materiais, na luxuria e etc.

 

Deus já havia alertado o povo quando saíram do Egito, para que eles não se esquecessem de Deus.

 

Percebam que a palavra de Deus, os ensina que quando os reinados olham para Deus, eles prosperam, quando a igreja olha para Deus, ela prospera, quando há uma vida centrada em Cristo, ela é prospera. A prosperidade que estamos falando aqui, não pelo que Deus pode dar-lhe, mas sim por tudo o que ele fez, por você.

 

Não há maior amor do que entregar seu único filho, qual morreu na cruz, derramou seu sangue para que hoje, ele seja glorificado. Não existe maior milagre, do que você reconhecer que ele é nosso rei, e nós somos seus fiéis servos, a fazer a vontade do Pai.

 

Deus restaura sua aliança com seu povo, quando o povo ora, se arrepende dos caminhos maus e voltasse para o Senhor.

 

Deus é amor, mas é justiça, por esse motivo, o Senhor deixa claro que se o povo, desobedecesse haveria um castigo sobre a sua terra e sobre a casa que construíram para Deus.

 

O povo desobedeceu aos mandamentos de Deus, por esse motivo perderam sua terra anos mais tarde. O próprio Salomão desobedeceu a Deus e quebrou sua aliança com Deus, adorando a outros deuses, ele envaideceu com a prosperidade, então Deus, retirou a bênção, pois nosso Senhor não compactua com o pecado.

 

Mas qual é o cuidado de Deus aqui?

 

É que ele não se esquecesse da sua aliança feita conosco. Apesar de muitos de nós esquecermos. Ele nos chama a dependência dEle.

 

“Humilhai-vos perante o Senhor, e Ele vos exaltará”. Tiago 4.10

 

                  A soberba é a porta de entrada da ruína. Deus resiste aos soberbos, mas dá graça aos humildes.

 

“Sacrifícios agradáveis a Deus são os espíritos quebrantados; coração compungido e contrito, não o desprezarás, ó Deus”. (Salmo 51.17)  

 

Davi disse isso depois que reconheceu seu pecado de adultério. O salmo 51 foi escrito neste momento.

 

Davi era rei, poderoso, tinha dinheiro para oferecer sacrifícios, holocaustos, mas, teve a consciência, que Deus, exige o seu arrependimento.

 

O sacrifício que Deus reque é o coração quebrantado, Deus não é comprado com sacrifícios e os holocaustos não agrada a Ele.

 

O sacrifico que agrada ao Senhor, são os espíritos quebrantados, corações compungido e contrito, uma adoração em espírito e em verdade.

 

Façamos com Deus um pacto de oração, um propósito de antes de tudo orar, e em primeiro lugar, busque ao Senhor mais do que tudo em sua vida.

 

Deus não procura pessoas que orem em favor de si, nós devemos orar em favor do reino do nosso Senhor.

 

Deus quer fazer uma Aliança de oração com você!

 

Deus que renovar uma Aliança de oração com você!

 

Aliança de Sabedoria v. 17-18

 

A oração traz muitos benefícios, então, porque oramos tão pouco?

 

Deus apareceu em sonho para Salomão, quando ele ainda era jovem, Ele sabia que Salomão era um homem de oração. Então Deus pergunta para Salomão, o que queres que eu te de, Salomão pediu sabedoria para reinar sobre o povo de Deus.

 

O pedido de Salomão foi sábio, pois ele sabia que se pedisse riqueza, saúde, poder e qualquer outra coisa, elas acabariam, a saúde com o tempo, se vai, a riqueza acaba e pode reinar a sua vida, o problema não ter dinheiro, mas é o dinheiro dominar sua vida. Mas há algo que nunca acaba, não se esvai, a sabedoria, e isso foi concedido. Pois com sabedoria, Salomão reino com sabedoria o povo de Deus. A sabedoria concedida a Salomão, foi maior do que qualquer pessoa tenha pisado nesta terra.

 

A sabedoria é o temor de Deus, que dirige nossas vidas. Salomão queria fazer o bem para o povo. A sabedoria concedida a ele trouxe, prosperidade em seu reinado, honra e paz.

 

 Jesus nos diz que podemos pedir qualquer coisa a Ele, e de fato todos precisamos de muitas coisas, mas nada é melhor que a sabedoria, nada supera a sabedoria, ela é a mais importante de todas as coisas.

 

Salomão após de receber a sabedoria em pouco tempo foi provado, até a rainha Sabá fez uma longa viagem para provar se ele realmente era sábio, e no final da visita concluiu que ele era o mais sábio entre os homens.

 

Tiago nos mostra que se pedirmos sabedoria, o Senhor nos concederá. Em muitos momentos de nossas vidas, perdemos as bênçãos concedidas a nós, por falta de sabedoria.

 

A verdade é que os cristãos não sabem orar, falta sabedoria, existem crentes que passam dias sem orar, ou só oram e leem suas Bíblias nos encontros realizados pela igreja. 

 

É possível ser um cristão fiel, e dispensar a prática da oração? 

 

Com toda a certeza não é possível ser um cristão, fiel sem oração. O versículo diz: “orar e me buscar”. Deseje conhecê-lo mais a cada dia.

 

É reconhecer a Deus como a melhor companhia, é saciar-se da presença dEle.

 

Salmo 105.4 “Buscai o Senhor, e a sua força; buscai a sua face continuamente”.

 

Peça a Deus sabedoria para sua vida, assim Ele o dará caminhos para escolhas sábias, conforme a vontade de Deus.

 

Deus tem uma Aliança de Sabedoria para você! 

 

Aliança com a casa de Deus v. 16 

 

Salomão tinha um compromisso de edificar a casa de Deus, ele perseverou durante vinte anos, para construir. Deus advertiu a ele das consequências se o povo fossem adorar a outros deuses.

 

O templo de Jerusalém foi uma construção magnifica, gloriosa, feita com adornos em prata, ouro e bronze, foi utilizado pedras e madeiras raras e bem trabalhadas.

 

O templo pelas descrições era muito lindo, de encher os olhos. Mas havia algo especial, naquele templo, algo que nem o ouro, prata ou até mesmo as mais raras e belas pedras trabalhadas poderiam encher aquele local. Havia algo mais belo, que esses meros detalhes, a beleza física do templo, não significa nada diante da Glória de Deus.

 

O templo só era glorioso, porque Deus escolher este local para estar, e a sua Glória enche aquele local.

 

Quero lembra-los que em I Coríntios 3.16, está escrito, “Certamente vocês sabem que são o templo de Deus e que o Espírito de Deus vive em vocês.”

 

Talvez alguns tenham quebrado essa aliança com Deus, não tem orado, jejuado, lido a bíblia, se esquecido que você é o templo do Senhor, mas a palavra de Deus, nos diz, “Se o meu povo que se chama pelo meu nome, se humilhar, e orar, e me buscar e se converter dos seus maus caminhos, então eu os ouvirei dos céus, perdoarei os seus pecados...

 

O nosso Senhor, Jesus Cristo, está essa noite te chamando, caso você tenha quebrado essa aliança com o Senhor, este versículo não está direcionado para um ateu, mas sim, para os cristãos, isso significa que o povo de Deus, as vezes perde o foco, se extravia do caminho, e precisa voltar.

 

Existe uma tendência de as igrejas modernas esquecer o arrependimento. Tem ocorrido uma substituição, para o evangelho da prosperidade, auto ajuda e centralidade em si. Hoje floresce um falso evangelho, que está substituindo o evangelho da cruz.

 

Esse evangelho não fala de sacrifício, mas de conforto, não fala sobre renúncia, mas mostra o sucesso, se esquece das bem-aventurança no céu, mas ensina o valor da riqueza na terra.

 

Esse evangelho coloca o ser humano no centro, em vez de Cristo Jesus, não é teocêntrico, mas, antropocêntrico.

 

Nesse evangelho o Senhor está a serviço do homem, e não, o homem a serviço do Rei.

 

A mensagem tem que ser centrada em Cristo, na vontade de Deus, temos que renunciar, morrer para nossas vontades, temos que orar pela nossa nação, para que a misericórdia do Senhor caia sobre está nação.

 

Os cristãos têm saído da presença de Deus, não tem buscado ao Senhor, busque a Deus, como se hoje fosse o último dia de sua vida.

 

“Se o meu povo que se chama pelo meu nome, se humilhar, e orar, e me buscar e se converter dos seus maus caminhos, então, eu ouvirei dos céus, e perdoarei os seus pecados.”

 

“Se confessarmos os nossos pecados, Deus é fiel e justo para nos perdoar os pecados e nos purificar de toda injustiça” (1 Jo 1.9). 

 

CONCLUSÃO

 

O livro de Crônicas, mostra um grande interesse pelo povo de Deus, pelo rei e pelo seu templo, bem como as bênçãos e pelo julgamento divino, o cronista redigiu sua história, visando estimular a esperança de Israel na vinda do Messias. Seu foco imediato é na restauração da comunidade pós-exílica, mas o Novo Testamento revela que o ideal do reino restaurado, colocado pelo cronista se cumpriu em Cristo Jesus.

 

A esperança do cronista para o povo de Deus, se cumpriu em Cristo Jesus, aqueles que seguem a Cristo, são herdeiros das promessas feitas em Israel.

 

Salomão não foi fiel em sua Aliança com Deus, creio que esse registro nos mostra o que acontecerá com o Cristão que não é fiel até o fim, acredito que o versículo bíblico combati um bom combate, não está dizendo do que inicia sua carreira cristã, mas sim, aos que perseveram com Cristo Jesus até o final.

 

Salomão teve tudo o que ele quis, enquanto ele estava firme em sua aliança, ele era muito feliz, mas quando ele quebra a Aliança com o Senhor, ele torna-se um homem triste.

 

A única forma de possuirmos sabedoria, é vinda de Deus, a maior sabedoria que podemos adquirir, é no Temor do Senhor.

 

Aqui nós encontramos três condições indispensáveis, humilhar, orar e buscar a face do Senhor. Para isso é preciso converter-se dos caminhos maus, arrepender-se e ser um servo fiel ao Senhor.

 

Renove a Aliança com o nosso Senhor. 

 

Aplicação

 

Disponibilize tempo de Oração e leitura das Escrituras Sagradas, tenha o temos do Senhor, a maior sabedoria que podemos adquirir.

 

Faça um propósito com o Senhor, de todos os dias dedicar um momento somente de oração, e naquele horário, você dedicará todos os dias para ficar a sós com Deus.

 

Deus nos abençoe, fortaleça você e toda a sua família, na caminhada com Cristo.

 

Comentários